estruturas-pre-moldadas-de-concreto-827x433
22 • JUNHO • 2017 | POR: ADMINISTRADOR

Quais normas devem ser cumpridas na fabricação de estruturas pré-moldadas de concreto?

Há anos, a pré-fabricação de estruturas de concreto já faz parte da realidade da construção civil brasileira. O processo industrializado possibilita a utilização de técnicas mais eficientes e racionais, trazendo para a obra diversas vantagens no que se refere à produtividade, tempo e orçamento.

Além disso, os sistemas, produzidos de acordo com as necessidades e particularidades de cada projeto, contribuem para reduzir os desperdícios em obras, bem como a geração de resíduos, e resultam, assim, em construções mais limpas e sustentáveis.

A indústria de pré-fabricados vem se desenvolvendo no Brasil nos últimos anos, no sentido de atender às demandas do setor da construção no que se refere a questões como

  • Eficiência;
  • Desempenho técnico;
  • Economia financeira;
  • Sustentabilidade etc.

Para tal, é exigido, dessas indústrias, um rigoroso controle de qualidade, quando o assunto é o cumprimento das normas técnicas.

Conheça a NBR 9062 — Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado —, bem como outras normas importantes, e entenda a importância de contar com um fabricante que atue de acordo com seus requisitos.

A ABNT NBR 9062: Projeto e execução de estruturas de concreto pré-moldado

A ABNT NBR 9062: Projeto e execução de estruturas de concreto foi desenvolvida em 1985, época em que novas tecnologias industriais foram introduzidas no setor da construção civil no Brasil.

Diante do desenvolvimento dessas tecnologias, a norma foi revisada, de forma a atender às demandas decorrentes da modernização do sistema produtivo de estruturas pré-moldadas.

A NBR 9062 é a principal norma a ser atendida pelos sistemas pré-fabricados e determina os requisitos para o desenvolvimento de projetos, a execução e o controle de estruturas pré-moldadas de concreto armado ou protendido.

Selo de qualidade ABCIC

A Associação Brasileira da Construção Industrializada em Concreto (ABIC) foi criada com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento dos sistemas pré-fabricados no mercado da construção no Brasil.

O Selo de Excelência ABCIC — selo de qualidade criado pela Associação — visa avaliar e classificar os procedimentos realizados na produção de estruturas pré-fabricadas, com base na qualidade de procedimentos como:

  • O recebimento e a armazenagem da matéria prima;
  • A produção e a montagem dos elementos pré-moldados;
  • A gestão ambiental;
  • A segurança dos trabalhadores etc.

Outras normas técnicas

Além da ABNT NBR 9062, outras normas são fundamentais para a qualidade da produção de estruturas pré-fabricadas. São elas:

  • ABNT NBR 12655 – Concreto Preparo, controle e recebimento, para oconcreto utilizado na produção dos sistemas
  • ABNT NBR 14931 – Execução de estruturas de concreto, para os métodos de fabricação.

As tolerâncias dimensionais — pequenas variações que podem ocorrer entre as peças devido ao seu processo de fabricação ou à sua forma — são utilizadas no canteiro de obras, e devem ser consideradas pelo projetista desde o início da concepção do sistema estrutural.

Essas tolerâncias podem ocorrer na forma de variações nas:

  • Dimensões;
  • Superfícies não planas;
  • Seções não ortogonais;
  • Variações de curvatura etc.

Os valores de tolerância para as peças devem ser discutidos com o fabricante com o máximo de antecedência possível, podendo também ser verificados em catálogos, manuais de associações de pré-moldados e nas normas técnicas já citadas.

A racionalidade, a eficiência e a redução do tempo de construção proporcionadas à obra pela utilização de estruturas pré-moldadas dependem do controle de qualidade adotado pelo fabricante sua na execução.

É fundamental que o fabricante das estruturas atue de acordo com as normas técnicas que regem a atividade para:

  • Garantir as vantagens que a utilização desse sistema construtivo pode trazer;
  • Proporcionar qualidade à obra, com relação a seu desempenho técnico, segurança e sustentabilidade.

Assim, antes de fechar um contrato, consulte as certificações da indústria responsável pela fabricação das peças e se certifique de que ela trabalha em conformidade com as normas técnicas e recomendações de associações nacionais e internacionais.

Você já conhecia as normas técnicas que devem ser cumpridas na fabricação de estruturas pré-moldadas de concreto? Compartilhe suas experiências conosco nos comentários!

COMPARTILHE


Artigos Relacionados

Tetracon-Aeroporto-de-Goiânia-827x433

Conheça o sistema de reúso de águas cinzas do novo terminal do Aeroporto de Goiânia

A escassez de água é uma das principais questões a serem solucionadas no século XXI. Isso porque, segundo pesquisas realizadas pela ONU (Organização das Nações Unidas), cerca de 1,2 bilhões de pessoas vivem em áreas de escassez, e outras outros 500 milhões estão chegando a esta situação. E como a escassez de água é um […]

VER MAIS
Nova-Lei-de-Calcadas

Guia Completo: Nova Lei de Calçadas de Goiânia

As calçadas são elementos de destaque no urbanismo das cidades. Uma cidade com calçadas padronizadas, bem estruturadas e seguras, garante os deslocamentos urbanos das pessoas, a acessibilidade e a travessia segura de pedestres e ciclistas.

VER MAIS
lider-produtividade-827x433

Como grandes líderes fomentam produtividade no trabalho de suas equipes

A figura de liderança é fundamental para o empenho, a motivação, a produtividade e o comprometimento dos colaboradores de uma organização.

VER MAIS
blocos-de-concreto-decoracao-827x433

8 dicas sobre o uso de blocos de concreto na decoração

A reutilização de materiais e as técnicas de DIY (do inglês “Do It Yourself” ou “Faça você mesmo”) vêm ganhando cada vez mais espaço, trazendo para projetos de decoração e paisagismo elementos inusitados.

VER MAIS